Chame o Chef!

1 comentário

Ano1766419s atrás, vi esse livro por acaso enquanto passeava por uma livraria. Nunca tinha ouvido falar, mas a capa vermelha e o nome me chamaram atenção. Uma lidinha rápida na orelha e peguei logo pra comprar. Como diz na capa, ele conta os desastres culinários de alguns dos maiores chefs do brasil e do mundo.

Hoje em dia, com tantos programas tipo masterchef e toda essa “glamourização” da cozinha, tem gente que pensa que é só fazer faculdade de gastronomia e você sai de lá com aquela roupa linda, toda branquinha, podendo se chamar de chef e divando na cozinha!

Aham, é assim mesmo…

Nos seus primeiros momentos como cozinheiro em uma cozinha grande, dê graças se você tiver apenas que descascar legumes e botar água pra ferver, porque tem coisa muito pior, como tirar a pele de 50kg de amêndoas, por exemplo. Pra essas pessoas que pensam que tudo é glamour, tem histórias de início de carreira difíceis de alguns chefs que hoje em dia são famosos. Como o de Michel Roux, que teve que descascar os 50kg de amêndoas algumas vezes.

Tem histórias arrepiantes, engraçadas, desesperadoras, que mostram que o dia a dia de um restaurante não é nada perfeito. Roberta Sudbrack, que foi chef do Palácio da Alvorada por anos que o diga. Um dos apertos na cozinha do palácio, foi em um jantar para o embaixador da Itália. Depois de empratar 80 refeições com codornas perfeitas, cadê o molho? No chão! Sim, todo o molho, tinha ido parar no chão! Mas ela deu um jeito!

Nem Ferran Adriá, dono do famosíssimo e estrelado El Bulli, escapou. No dia de um jantar importante para 3.200 pessoas onde a pièce de résistance seria um prato de lagosta, ao chegar pela manhã para montar tudo, descobriram que um problema com os refrigeradores tinha estragado 80% das lagostas! Como conseguir em poucas horas quase 3 mil lagostas em uma cidadezinha minúscula da Catalunha?

Esse é daqueles livros que você lê em pouco tempo, sem nem notar. Leitura leve e divertida. Ah, tudo bem dar risada né, afinal de contas, se já passou, a gente pode rir! Aqui embaixo deixo a primeira página do capítulo do Anthony Bourdain. E era só isso mesmo. Uma diquinha de livro pra quem se interessa pelo assunto e gosta de curiosidades também! 🙂

Anúncios

Um pensamento sobre “Chame o Chef!

  1. Deveria ser leitura obrigatória nas faculdades de gastronomia, pro povo não sair da “escola” achando que já sabe de tudo…

    Curtir

Comente aqui :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s